f Adeus, verde.: Agosto 2017

30 de ago de 2017

Já sei amar



A grande maioria dos textos aqui do blog são sobre amor ou fazem algum tipo de menção a esse sentimento. Nunca foi uma coisa planejada, ou nem mesmo é o único assunto que eu goste de escrever, mas, com certeza esse espaço aqui reflete o que eu sou, e sobre isso eu nunca tive dúvida, eu sou grande fã dessa coisa maluca que é amar.
Aos quase 27 anos, tenho experimentado um amor diferente de tudo que vivi até aqui.
Não acreditava que o amor pudesse ser justo e leal, sequer acreditava em amor maduro, bem resolvido. Certamente grande parte disso foi culpa minha, eu era muito novo quando me apaixonei, sempre fui intenso, a insegurança e o ciúmes batiam ponto em mim, eu queria amar e ser amado a qualquer custo, e isso tudo é uma fórmula mágica para o fracasso amoroso.

Graças a deus fiz muitos aniversários de uns anos pra cá, e algumas fichas caíram, sabe?
Sigo obviamente sem a tal fórmula mágica que faz tudo ser flores e lindo o tempo todo, mas em compensação, descobri uma outra fórmula, muito mais fácil que a de bhaskara, um jeito simples de fazer as coisas darem certas: acumular momentos bons e ponto final.
Tenho experimentado nos últimos meses um amor desses simples, justo e leal. Tenho vivido um amor que me faz ter vontade de pedir pra todo mundo correr e buscar a sua paixão, por que é bom demais!

Tive sorte, eu sei, sorte de encontrar alguém tão parecido comigo, com o mesmo humor afiado, o mesmo brilho no olho quando se trata de viver, fui sorteado em ter um cara comigo que quer as mesmas coisas, crescer, viver e cuidar dessa relação, tão nova e tão intensa.
Os problemas estão aí, claro, são duas pessoas que apesar de tão parecidas, tem cada uma a sua particularidade, a sua história e a sua criação, modo de pensar e agir, enfim, pessoas distintas não é mesmo?!

É bom demais ter um amor que não se importa com isso, um amor que supera qualquer coisa, inclusive coisas difíceis e chatas, como o preconceito, a falta de informação, os olhares de "o que esses dois homens estão fazendo juntos?"
- Estamos amando e sendo muito felizes!

O amor existe, e está aí para todos. Espero que cada vez mais as pessoas se encham desse sentimento, desse estado de espirito, que com isso se preocupem e se importem menos com as formas variadas de amor que existem por aí, e que merecem RESPEITO!
Encontrem o ser par, e sejam extremamente felizes, com certeza isso deve bastar.