f Adeus, verde.: Agosto 2015

10 de ago de 2015

E a saudade?!

O Facebook anda nos ajudando a lembrar de alguns momentos, através de fotos postadas por nós mesmos, a um ou alguns anos atrás. E hoje foi assim, uma foto antiga, que teve o poder de trazer saudade, que fez eu abrir o notebook só para colocar pra fora esse sentimento.

Já sentiu saudade boa? aquela que te faz sorrir, mas que não deixa de apertar o coração, de dar aquela angústia.

Uma saudade do que vivi, da intensidade daqueles dias, do calor daquela cidade, dos lugares que entrei e saí, do meu desequilíbrio e da minha paz. Aquele bem estar de viver algo totalmente novo, com pessoas interessantes e desconhecidas. As noites sem fim, as manhãs ressacadas, os aprendizados, a troca sincera, eu amei naquele lugar, eu fui amado. Como tudo isso não traria a tal saudade?!

Essa saudade não faz eu abandonar tudo aqui, não faz eu procurar e revirar o meu passado, ou simplesmente fazer as malas mais uma vez. A saudade existe, mas não mexe com o meu presente, justamente por não ser a falta de algo interrompido, não vivido, ou deixado pra trás. Não me foi tirado nada, não abandonei a história no meio. Eu simplesmente passei por tudo que deveria ter passado, naquela cidade, a mais de 5 mil quilômetros de onde estou hoje.

Então sem eu perceber, essa angústia, esse aperto no peito, se transforma em sossego, uma espécie de felicidade simples, uma tal "saudade boa".

Que assim seja, hoje e sempre.