f Adeus, verde.: Carta para Deus

5 de jan de 2015

Carta para Deus


Olá Deus,

Estive ausente, confesso. Pelo menos em oração. Apesar de acreditar que minha felicidade e gratidão falam por mim. Nunca esqueci o que o senhor fez e vem fazendo para me ajudar. Um pouco mais de um ano atrás clamei diariamente pela minha vida. E aqui está ela. Estou vivo. E muito bem.

Volto a escrever para o senhor, e peço licença para descarregar mais alguns pedidos... Deus, estou mais uma vez batendo a porta da minha casa e indo embora. Mais uma vez vou segurar o choro enquanto abraço apertado a minha mãe, impedindo que ela repare na lágrima que certamente vai vir mais forte enquanto cruzo o portão de embarque.

Eu quero ir embora. O senhor sabe disso, ela sabe disso.

Mas nem por isso deixa de doer, é a chamada saudade, que a cada ano entendo um pouquinho melhor. 

Sei que logo estou de volta, tenho um compromisso com a minha saúde, e quanto a isso vocês dois não precisam se preocupar. Em fevereiro estarei aqui novamente, provavelmente em cima dessa cama, olhando para esse computador.
Ia quase esquecendo dos meus pedidos... Ilumina meu caminho, abre meus olhos e faça que eu enxergue tudo com mais clareza. Ajuda a administrar essa vontade louca de ser livre, deixa eu entender porque não quero criar raízes. Me protege. Abraça forte e pega a minha mão toda a noite. Sussurra no meu ouvido as oportunidades certas. Eu quero um sorriso ainda maior na minha boca. Quero ganhar de presente a tranquilidade de estar no caminho certo. Eu quero caminhos. 

E a última coisa... por favor, cuida dela, entrega tudo de melhor, pois ela merece. Tu fez uma grande mulher, uma grande mãe. E se hoje posso sair de baixo da asa dela com toda essa facilidade, é justamente a prova de tudo que acabei de escrever. Ela é incrível. Que tudo dê certo, assim que eu cruzar o portão de embarque. Amém.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!
    A caminhada vai valer a pena e a saudade, felizmente, é passageira (se mata com um abraço)

    Parabens pelo blog

    www.idealiizar.com.br

    ResponderExcluir