f Adeus, verde.: Combatendo o câncer

8 de abr de 2014

Combatendo o câncer


Hoje eu quero escrever pra você que também foi surpreendido com um diagnóstico de câncer, pra você que estava vivendo sua vida normalmente, correndo de um lado para outro, indo para o seu trabalho, vendo seus amigos, indo para um bar no final de semana, programando suas férias, sua viagem, sua ida ao cinema, ou a um restaurante. Escrevo pra você que acreditava ter tantos problemas, que ia dormir sem dar um abraço em quem ama por falta de tempo, ou que tinha deixado de rezar pelo mesmo motivo, ou só por as coisas estarem bem, normais, tranquilas. Escrevo pra você que como eu nunca imaginou ficar doente, nunca imaginou que em algum momento sua saúde iria falhar, que em algum dia da sua vida um médico lhe olharia pra dizer que você tem um câncer... Câncer? Câncer.

Eu entendo o que você sentiu, entendo o que passou na sua cabeça, entendo que você não acreditou, ou na verdade não queria acreditar, não dava pra acreditar que depois de passar por toda aquela sequência de médicos e exames tentando detectar o que havia de errado com seu corpo, o resultado seria esse; um câncer. Algo que sempre foi tão distante, uma doença que era abordada somente nas novelas, no cinema, ou na casa do vizinho, e que sempre causava tanto medo. Entendo que você não tenha chorado na hora, ou que tenha apenas enchido os olhos de lágrimas, mas também vou lhe entender se você abriu o "berreiro" ali mesmo, cada um tem sua forma de reagir, a hora da sua ficha cair. Eu só quero falar que eu juro que eu lhe entendo, eu conheço toda essa dor e esse medo maluco, que invade a nossa vida, que faz a gente acordar sobressaltado no meio da noite, que faz a gente chorar no travesseiro, que faz a gente rezar dia e noite. Eu sei que depois de assumir que você está com câncer ainda tem a parte mais difícil, que é o tratamento, que são as sessões de Quimioterapia que parecem não ter fim, que lhe deixam enjoado, extremamente enjoado, debilitado e fraco de uma maneira que você nunca imaginou. Lembro o quanto é duro você perder algumas capacidades básicas, como tomar um banho, caminhar até a cozinha ou conseguir comer uma refeição até o fim. Sei o quanto é complicado e dolorido depender dos outros de uma hora para outra, o quanto você enche o saco daquele hospital claro e impessoal, daquele jaleco branco, daquelas seringas que doem, que machucam seu braço, que te deixam com hematomas, daquela cadeira que com o passar das horas vai ficando inconfortável. Entendo tudo isso. Entendo que você quer sair correndo, e só parar de correr quando essa doença tiver ido embora, quando você estiver curado, quando você tiver a sua vida de volta, aquela vida que foi interrompida em algum momento. Poxa, você queria tanto ir ao cinema, tinha aquela viagem marcada, aquele jantar para ir, aquela festa para comemorar, e agora? E agora está aí dedicado e focado em apenas uma coisa: Sua cura, seu tratamento.
Eu sei que a luta não é fácil, e não é mesmo. Sei que as coisas pesam, e que em muitas noites desabamos no ombro de alguém, sei que parece que nunca vai passar, que está demorando demais. É muito exame, é muita medicação, é muito medo, é muito risco, é muita coisa em sua cabeça. Mas, eu também sei que você aprende, que você valoriza outras coisas em sua vida, que você ganha uma nova chance de fazer tudo diferente, eu sei que sua fé vai se fortalecer, que você vai encontrar uma força descomunal aí dentro, que nem sabia que existia, sei que você vai ser muito amado e acarinhado por seus familiares, por seus amigos, e até mesmo por desconhecidos, pois essa luta, essa causa é de todos, é mundial, é universal. Então por favor, não desanima, não se ache feio ou diminuído, pelo contrário, olhe pra você no espelho e veja que lindo guerreiro está sendo, que batalha bonita você está desbravando, lutando com uma flor na mão, com paz no coração. 
Esse texto é pra você que como eu se curou, ou que vai se curar. É pra você que acreditou, e acredita no final de todo esse tratamento. A cura existe, existe sim. E acreditem mas todos esse momentos ruins e desgastantes passam, ficam em seu passado, viram uma lição de vida, ensinamentos, se transformam em coragem, se transformam em vida. Viva. Viva intensamente e seja muito, muito feliz. Estamos com você!

11 comentários:

  1. MEU GUERREIRO AMADO!!!QUE LINDO ESSE TEXTO.PASSANDO PRA QUE, ESTÁ AINDA NESSA LUTA,TUDO AQUILO QUE PASSASTES COM TANTA FÉ,TANTA GARRA.QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO,TODOS OS DIAS DE TUA VIDA,BEIJÃO,TE AMO.LALINHA.

    ResponderExcluir
  2. Lágrimas......... Como gosto de você Lipe. Você se tornou muito importante pra mim. Penso em você sempre.........
    Sem palavras. Te amo de verdade.

    ResponderExcluir
  3. Ô, coisa linda! Um coraçãozão tamanho do mundo! Foram tantos momentos difíceis pelos quais você passou e você ainda arranjou um jeitinho de descobrir esse dom maravilhoso de direcionar as pessoas para a luz. Maravilhoso, Felipe! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Querido quanto tempo não entro aqui... que lindas suas palavras.
    Me emocionei muitooooo, como sempre
    Suas palavras ajudam muito as pessoas que estão passando por essa doença cruel
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Passei por tudo isso, me emocionei com o teu texto, é bem assim, hoje estou curada mas me sinto feia sem um pedaço da mama e o cabelo muito crespo não gosto de me olhar no espelho.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, sei que ficamos abalados pela nossa aparência. Mas você é linda, é linda por estar lutando, por estar de pé, desbravando essa batalha pela sua vida. Tudo passa minha querida, o cabelo volta ao normal, e a gente resgata nossa auto estima. Não fique abalada e não deixa a peteca cair, estamos contigo, sempre, um grande beijo

      Excluir
  6. força muita força pra vc meu amigao passo por essa luta ao lado do meu pai que esta em faze terminal infelizmente o dele e mais dificil do que pensavamos me emocionei muito ao ver suas palavras de força obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando, desejo toda a força pra você, e pro seu pai. Vai dar tudo certo, fé e coragem sempre a vocês. Pode contar comigo, nem que seja pra uma palavra. Sei a luta que vocês estão vivendo

      Excluir
  7. 10/04/2014. Hoje foi a confirmação. O início da mesma batalha sua Lipe.Meu pai, com um pequeno agravante, um pouco adiantado. Momento de se fortalecer mais ainda. Bj. RO/SP

    ResponderExcluir
  8. Hoje é mais um daqueles dias que não deixarei de ler seus textos. As coisas acontecem na nossa vida e não sabemos explicar o porque. Porque encontrei você num dia qualquer, porque aquele rapaz me chamou tanto a atenção, com aqueles óculos grandes, encostado, numa parede, talvez, olhando muito além. Porque me doía cada vez que lia sua estória. Hoje estou entendendo muito mais do que naqueles dias. Precisava conhecer sua estória, pois mais tarde precisaria fortalecer alguém. Lipe há tantos mistérios entre o céu e a terra que não podemos nem contar. No dia da sua última postagem, foi confirmado o resultado da biópsia do meu pai.Você nem pode imaginar o que passou pela minha cabeça, de tudo que senti.Sua estória que agora vai ser a minha com meu pai. Lipe você é e será muito importante, pra mim, mais do que ontem com a sua experiência. Não sei se você vai ler, mas de qualquer forma deixo aqui registrado a sua importância na minha vida. Bjos a você e sua mamãe que também é merecedora de tudo. À você Carmem Deus seja contigo. RO/ SP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosy, mil desculpas a minha demora para responder. Estou retomando o Blog, e concordo, nada é por acaso, tu sempre tão presente por aqui. Tu me acompanhou, sabe que existem dias difíceis, mas que passam, que lutamos bravamente, e nos modificamos. Desejo muita força a você e ao seu pai principalmente. Conta comigo por aqui, e me manda noticias

      Excluir