f Adeus, verde.: Sensação Boa

4 de jan de 2014

Sensação Boa


Posso parecer muito precipitado, ou intenso demais. O que não seria novidade alguma para quem me conhece de verdade, durante esses vinte e três anos mantive minha intensidade a mil, e com toda essa intensidade acabava automaticamente sendo precipitado. Ok, isso me causou inúmeros problemas e situações que eu não gostaria de passar nem daqui algumas vidas, situações e problemas que me ajudaram sem dúvida alguma a crescer, e hoje saber exatamente o que não admitiria passar de novo. Como diria um grande amigo meu "Não brinco de errar duas vezes"

Mas, sendo precipitado ou não, intenso demais ou não, eu quero dizer com todas as letras, que 2014 vai ser um ano i n c r í v e l, não posso explicar só com palavras tudo que vem a minha mente quando penso nas oportunidades que esse ano está trazendo, pois é algo particularmente sensorial, eu sinto isso, sinto a energia de um ano em branco, com todos os tipos de caminhos para a gente entrar e se aventurar, com dezenas de atalhos para gente seguir, com muitas surpresas reservadas e mais, e mais aprendizados. Está tudo aí bem a nossa frente, o tempo todo as oportunidades piscando como em um jogo, só aguardando você acertar ela em cheio e de repente ser muito feliz. Sinto agora mesmo enquanto escrevo uma realização muito grande, estou realizado em estar vivendo exatamente esse agora, onde tenho a cada dia a oportunidade de acordar feliz por ter opções, diversas opções. Estou realizado pois pela primeira vez estou vivendo no agora, não estou escarafunchando meu passado e não estou com os olhos lá na frente, em um futuro que mal consigo ver. Estou feliz com meu dia hoje, com a minha tarde maravilhosa, com esse momento agora a noite onde posso estar deitado na minha cama, com meu computador no colo enquanto escrevo todas as coisas que passam pela minha cabeça. Estou feliz pois observo a coleção linda de amigos do passado que cultivei até hoje, feliz ao perceber quanto amor existe nas minhas relações, e principalmente feliz com todas as pessoas novas que apareceram em minha vida nos últimos meses e as que ainda aparecerão. Estou de bem com o caminho percorrido e isso não tem preço. 
Por tudo isso, só consigo enxergar 2014 como um grande ano. Pois estou com os dois pés no chão, com meu olhar mais atento do que nunca, e com o coração mais aberto do que algum dia eu pude estar. Deixei naquele mar todas as minhas feridas, tudo aquilo que me atrasava, que me prendia. Hoje me sinto limpo e livre, livre para ser quem eu quero de verdade, livre para escolher a minha estrada, para escolher minha profissão, para escolher uma paixão, para escolher meus amigos e para escolher um novo amor.
Chega de tudo. 2014 chama pelo novo mais do que qualquer outro ano. Vou fazer diferente de tudo que eu já fiz. Vou ousar. Vou fazer as coisas que eu quero darem certo, vou ir sempre até o último minuto para isso. Pois nunca estive tão confiante e com tanta sede por viver coisas novas e únicas. 
Acreditar é um grande passo. Agir é um passo maior ainda. Realizar é a grande sensação final.
Que toda essa alegria e essa certeza se mantenham até o último dia desse ano e dos próximos. Que as coisas aconteçam e sejam lindas.

2 comentários:

  1. Está certíssimo: tem mais que saborear cada gotinha de bem-estar e felicidade que está vivendo. 2014 promete muito mais! bjs

    ResponderExcluir
  2. Expectativas, iniciativas...jogue-se e viva a vida é tudo que posso desejar a você em todos os anos que virão
    Abraços!

    ResponderExcluir