f Adeus, verde.: A Segunda Chance

7 de dez de 2013

A Segunda Chance


Cada dia mais entendo o quanto a vida é surpreendente. O quanto definitivamente não sabemos nada do que nos aguarda, é super clichê mas a vida é realmente uma imensa caixa de surpresas, fazendo a gente perceber que só temos a ilusão de achar que sabemos muito, a verdade é que nunca sabemos com o que vamos ser surpreendidos, qual a grande novidade que a vida deixou reservada pra gente na próxima esquina. Estou surpreso com que a vida me trouxe nessas últimas semanas, ela me devolveu amizades que eu acreditava ter acabado, que eu pensava que não tinha como resgatar, como recuperar, como trazer de volta as coisas que em algum momento lá atrás se perderam. É difícil a vida te dar uma segunda chance, te dar a oportunidade de ser melhor, permitir que você vá a luta para recuperar todas aquelas coisas que alguma situação ruim, algum desentendimento acabou levando, não estou falando aqui de qualquer amizade, estou falando de uma grande amiga, de uma incrível amizade, de uma pessoa que em nenhum momento desde que nos conhecemos eu pensei perder, estou falando daquele tipo de pessoa que você se apaixona, que você perfeitamente se encaixa e que a partir disso a história de vocês se desenrola, e a nossa história se desenrolou por mais de dois anos lindamente, com momentos únicos e quase sempre hilários, bastava a gente se encontrar para começar a dividir nossas dúvidas, nossos medos, as coisas engraçadas da semana, as sérias e as maiores bobagens também, até porque é disso que as amizades são feitas, e quer saber? nós dois fizemos uma amizade muito, muito bonita, da qual tenho muito orgulho, e da qual me fez muita falta.

Escrevo sobre isso, pois essa semana quando tivemos nosso encontro do tipo "velhos tempos", eu fiquei observando ela falar, ela rir, a gente trocar aquela energia boa, as palavras saírem da nossa boca quase que sem parar, e tudo aquilo me deu uma sensação muito boa, fiquei muito feliz e completo, entendi naquele momento porque escolhi ela, porque aquela amizade me fez tanta falta, fazendo eu entender que por mais que se lute contra um sentimento, por mais que a gente queira colocar na cabeça que aquilo terminou, que aquilo não vai voltar, que aquilo mudou para sempre, sempre tem uma "chancezinha" guardada, sempre fica pelo menos um pouco aquela certeza que possa dar certo de novo, que vale a pena tentar, e nada me emociona e me deixa mais feliz do que ver as pessoas tentando, do que te ver tentando. Tem uma frase linda do Caio F. Abreu, que sempre me apeguei muito, onde diz "O que tem que ser tem muita força".
Bom, a vida me deu uma segunda chance de ser melhor, de não errar outra vez, e eu estou aqui segurando firme nisso, acreditando que realmente os últimos acontecimentos da minha vida me ensinaram muito, e fizeram eu valorizar mais ainda pessoas de coração bom, pessoas sinceras e dispostas a amar o próximo. Eu sou uma dessas pessoas, apesar de qualquer erro do passado, continuo sendo o mesmo que você conheceu (um pouquinho melhor, eu acho) e continuo acreditando muito no que a gente tem de melhor, quando escrevi o texto Cicatrize (http://www.adeusverde.com.br/2013/11/cicatrize.html) em alguns trechos lembrava muito de você, da nossa amizade, eu enxergava a gente como uma grande ferida, que não seria fácil e levaria muito tempo até cicatrizar, mas, hoje estou feliz ao perceber que nós dois juntos resolvemos cuidar desse machucado, limpar essa ferida e torcer para que ela cicatrize logo e que nossa relação fique mais bonita do que um dia foi.
Sabe que eu te amo!

7 comentários:

  1. E Curtam a página do Blog no Facebook, muito obrigado.

    https://www.facebook.com/adeusverde

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. Só não entendo, que você não entende porque foi Deus, que te deu esta chance que você
    Viverá feliz, novo aprendizado de vida. Você passou por tudo, que todos já sabem. Formou cicatriz,
    Isto e ir no Fundo do poço. Cicatrizes ficam, Conhecendo Deus ou Jesus você tem cabaça. Tirar um
    Aprendizado Maravilhoso. Parabens, seu texto e muito bom. Que tal fazer Recomeecar? Bjs

    ResponderExcluir
  3. Queeee lindiooooo chorei!!!! Saudades Dani Prati!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. COMO SEMPRE LINDO VERDADEIRO E CARREGADO DE VERDADE, PARABÉNS NENO , TO ESPERANDO APUBLICAÇÃO DO LIVRO, JÁ PENSOU NISSO????? TE AMO , BEIJOS DO DIDNO

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto!!! Chorei também.... será que posso ter esperança de ter outra chance? Não vejo caminho, meios... ele não quer nem minha amizade. Sofro diariamente por isso, porém tivemos uma história linda de quase dois anos. É o que me faz seguir... Obrigada pela mensagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, cada história tem sua peculiaridade. Mas, sou da opinião de dar o tempo para as coisas acontecerem naturalmente, como escrevo no texto Cicatrize.

      Excluir