f Adeus, verde.: Você Descobre...

6 de out de 2013

Você Descobre...


Com o tempo você descobre, que é melhor qualidade do que quantidade. Que melhor que uma agenda cheias de números, com muitas opções, é ter a opção certa, única. Com o tempo você percebe, que estar rodeado de pessoas não significa que você não esteja sozinho, e que as vezes ter a pessoa certa do seu lado é melhor que ter um exército. Você descobre que muitas vezes menos é mais, que ser humilde não é sinal de fraqueza, que ceder não te faz uma pessoa omissa, que fazer o bem é mais fácil do que pode parecer. Com o tempo você descobre que tem pessoas que vieram pra ficar, outras para bagunçar, que arrumar a bagunça que os outros deixaram dá sim muito trabalho, mas que não é impossível, no caminho surgem pessoas para te ajudar com isso. Você definitivamente descobre que tudo passa, que você dorme de um jeito, e acorda de outro, que o tempo é algo precioso, e que opinião é algo tão incerto quanto a bolsa de valores. Que intensidade é lindo em livros, em filmes hollywoodianos, mas que na vida você precisa achar um grau abaixo disso, se não a vida se torna muito difícil. Com o tempo você descobre a importância em estender a mão para alguém, e que boas ações não precisam ser gritadas, apenas feitas. Você aprende o que é perdão, você aprende que julgamento nada mais é do que falar, condenar algo que você desconhece. Você entende que felicidade é possível sozinha, mas que não vale nem um pouco a pena, que o melhor é dividir, compartilhar, passar a diante, somar. Que para ter uma grande festa não precisa mais que 10 amigos, e algumas cervejas, que para virar uma noite basta uma boa companhia, que pôr do sol é lindo de qualquer jeito, mas pode se tornar único se visto no momento certo, com a pessoa certa. Você descobre que amar é possível, mas que ele só começa com amor próprio, que ciumes é possível mas que ele acaba com o amor próprio. Você descobre que as lágrimas também rolam quando você está muito feliz, e que elas doem mais quando o motivo é decepção. Você aprende de uma vez por todas que a palavra "Nunca" e a frase "Para sempre" são muito instáveis, e pouco confiáveis, que "Pode ser" e "Enquanto durar" são muito mais funcionais. Você aprende a se despedir, e a dizer seja bem vindo, você aprende que despedidas sempre doem, mas que existe vida depois que a porta fecha. Que existe muita graça em receber novos visitantes em seu mundo, e que sempre existe espaço. Você descobre que irá sempre existir descobertas novas, que você está em constante mudança, que a cada dia, que a cada nova manhã você está aberto mais uma vez, a aprender, a mudar sua forma de enxergar as coisas, descobre que você continua crescendo mesmo depois de parar de crescer. Que para ser um adulto, você precisa ser criança, que para mudar algumas coisas você precisa da rebeldia da adolescência, que para definir e arcar com suas decisões você precisa da serenidade da velhice. Que ser "velho" em um Sábado a noite as vezes é necessário, que se tornar um garoto em uma tarde de Domingo faz bem pro coração. Você descobre no final de tudo, que é bom estar vivo, e que principalmente é bom descobrir. Enquanto estivermos descobrindo, estaremos completamente vivos.

15 comentários:

  1. COMO SEMPRE DIGO...É MARAVILHOSO LER TEUS TEXTOS.É SEMPRE UM GRANDE APRENDIZADO,PRECISAMOS DE TÃO POUCO PARA SERMOS FELIZES,E NOS SENTIRMOS VIVOS!OBRIGADA POR MAIS ESSA LIÇÃO DE VIDA!BJS TE AMO MUITO...Lalinha.

    ResponderExcluir
  2. Linda reflexão anjo! Tô gostando de ver como você tá passando por essa provação da tua vida.. :-) Vai dá tudo certo anjo meu! Confia em Papai do ceu.. Mil beijinhos no seu coração bb..

    ResponderExcluir
  3. Paz a vc, alma boa! Muita saude.

    ResponderExcluir
  4. Lindo João!!! Amei... Beijo querido, a cada dia tu escreve melhor, te amo!!!

    ResponderExcluir
  5. MAIS UMA PÉROLA QUE NOS LEVA A REFLETIR, E PARAR UM POUQUINHO SÓ E PENSAR EM TUDO O QUE ESCREVESTE, VERDADES MADURAS DE ALGUÉM QUE RECÉM INICIA UMA VIDA LONGA E CHEIA DE APRENDIZADOS E ENSINAMENTOS, CONTINUO ESPERANDO O LIVRO VAMOS VER ISSO JUNTOS OK? TE AMO NENO, BUS DO DINDO

    ResponderExcluir
  6. Oi Felipe! Maravilhoso esse texto! A impressão que me deu é que você está saboreando cada novo momento vivido de uma forma extremamente prazerosa. A grande "DESCOBERTA" é que você não está usando apenas os cinco sentidos convencionais ...vc aprendeu a degustar com a alma, com o coração! Parabéns!!! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Ildete. Estou saboreando mesmo. E é uma delicia mesmo. Te adoro! Beijão

      Excluir
  7. UAAALLL ARREPIEI LINDO!!!! DANI PRATI
    COMO NÃO ADMIRAR ESSA PESSOA??

    ResponderExcluir
  8. O tempo regado de experiências nos ensina muito de tudo que você disse. Pensei que somente eu era madura antes da 'idade', sempre acharam muito madura na idade de cometer loucuras. Olhe que mesmo assim, ainda fiz algumas e com estou aprendendo a cada dia.
    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Fe, o que dizer diante de tantos comentários? O que dizer?
    Voce é o máximo garoto, já posso até imaginar voce todo arrumado, bem, nem precisa muito né, dando autógrafos, e dedicatórias em seu livro UUUUAAAAUUU. Beijinhos nas covinhas.huah

    ResponderExcluir