f Adeus, verde.: Dia de Nuvem

30 de set de 2013

Dia de Nuvem



Levantei da minha cama, dei alguns passos, e não demorou para eu perceber. Reparei só com alguns movimentos, com poucas ações, antes mesmo de conseguir passar pela porta do banheiro, que aquele dia tinha começado diferente. Eu acordei Simples. Simples, e leve. Era o tipo do dia que você passa a entender melhor a expressão "andando nas nuvens". Cada gesto é apreciado, por mais comum e cotidiano, como lavar o rosto, escovar os dentes, parar e se olhar no espelho por questão de Dois minutos, depois ir para seu quarto, abrir a janela, reparar no tempo, abrir seu guarda-roupa, sentar diante dele, e olhar para suas camisas, cada cor, olhar para a janela de novo, voltar a atenção para o guarda-roupa. Parar de olhar para as camisas, e ligar a televisão, ouvir aquela música que sem querer está tocando, e você adora. Aí, sim, você esquece das camisas, já está com a cabeça encostada nos teus travesseiros, enquanto a música toma teu quarto, toma tua mente. É, tudo simples. É, leve. Você só tem Dez minutos para sair de casa, e ainda está sem calça, e sem definição da cor da camisa, mas, não importa, hoje você vai de branco, branco liso, sem estampas, pode ir de chinelo? Cabelo você nem olha, hoje ele acordou lindo, e leve também. Desliga a televisão, a música para, para, mas continua dentro da sua cabeça, enrolada nos teus lábios, enquanto você canta baixinho "lá, lá, lá.. lá lá" como se fosse um grande cantor, com um grande timbre. E, nisso você já está na rua, no vento, na brisa, não tem dia melhor pra se estar, não tem temperatura mais agradável para se sentir. O fato de você estar de branco, com uma fruta na mão, e com um ventinho no rosto, não te incomoda em nada estar indo para o trabalho. Por que, você sabe que é um dia simples, simples e leve. Todas as tuas ações, tuas palavras, tem um afago, tem uma presença de tempo certo, quase palpável. Por isso você não poupa "Bom dia", "Bom dia, seu pedro" "Bom dia, querida... terceiro andar, sim, já te disse bom dia?" "Bom dia, Maria" "Bom dia, gurias" "Bom dia, Carlos" "Bom dia, Vilminha, já tem café? Ah. não te preocupa, deixa que eu passo" "Já te dei bom dia, meu amor?" E, antes que alguém canse do "bom dia", a tarde chega, ainda mais linda, mais leve, e mais simples. "Boa tarde, seu Pedro, já almoçou?" "Boa tarde Maria" "Dei boa tarde pra vocês, gurias?"
Vai ser assim teu dia inteiro, te acostuma, fazer o que se você acordou Simples, leve? É o dia de chimarrão no fim da tarde, é o dia de sentar de baixo de uma de árvore, é o dia de goiabada, de queijo branco, de suco de maracujá, de abacaxi, laranja fresquinha. De pé no chão, de pé na água, de pés pra cima, de almofada, de travesseiro, de lençol fininho. De abraço quente, abraço apertado, abraço de lado. De covinhas, de sorriso largo, de palavras pequenas. De mãos dadas, de mão no rosto, de mão na boca. De bater palma. De fechar os olhos, fechar o guarda-roupa que ficou aberto no inicio do dia, ligar a música novamente e dormir cantarolando "lá, lá, lá.. lá lá"

É esse dia que vale a pena.

8 comentários:

  1. Que todos os dias da semana sejam dia de nuvens amigo.Bjs nesse lindo coração.

    ResponderExcluir
  2. Nossa!!!!!!!!! muito eu isso!! "É esse dia que vale a pena..."

    ResponderExcluir
  3. É...SIMPLES ASSIM...CELEBRAR A VIDA TODOS OS DIAS...TODOS OS MINUTOS...TODOS OS SEGUNDOS.AGRADECENDO Á DEUS SEMPRE.BEIJOS NO TEU CORAÇÃO,TE AMO...LALINHA

    ResponderExcluir
  4. Amei esse alto astral! De repente, eu também fiquei leve, por você! E, como diria o poeta Jorge Vercillo: "Se carece de definição, me sinto leve, céu azul na bolha de sabão, que o vento leve, como folha, o coração..." Nome dessa canção? Leve. Tem algo mais sugestivo? kkkkk Beijão pra vc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro essa canção. Coisas leves, são ótimas mesmo. Beijao Ildete

      Excluir
  5. Muitos e muitos dias de nuvem prá você.............Beijos.............Regina

    ResponderExcluir
  6. Todos os nossos dias precisam e serão leves !!!

    ResponderExcluir